Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

TEXTO NARRATIVO

Texto narrativo
Parte 1 - Estruturas


1-    Narrador antes da fala do personagem:


A Mônica comentou:
— Ué, Cebolinha! Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz.


2- Narrador depois da fala do personagem:


— Ué, Cebolinha! Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz. — comentou a Mônica.

(com o verbo em letra minúscula e um segundo travessão)

ou

— Ué, Cebolinha! Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz, comentou a Mônica.

(com o verbo em letra minúscula e vírgula no lugar do segundo travessão)


3- Narrador no meio fala do personagem:


      — Ué, Cebolinha! — comentou a Mônica — Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz.

                            (com o verbo em letra minúscula e mais dois travessões)


ou

— Ué, Cebolinha! comentou a Mônica. Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz.

                            (com o verbo em letra minúscula e sem o segundo e terceiro travessões)

 Tipos de narrador

         1- Narrador em 1ª pessoa ou narrador-personagem: É o narrador que participa da história. Utiliza verbos e pronomes de 1ª pessoa (Exs.: cheguei, vi, fui, perguntei / eu, me, comigo, para mim, meu, minha)
         2- Narrador em 3ª pessoa ou narrador-observador: É o narrador que não participa da história. Utiliza verbos e pronomes de 3ª pessoa (Exs.: chegou, viu, foi, perguntou / chegaram, viram, foram, perguntaram / ele, ela, eles, elas, seu, sua)

Narrador-observador:

            O Cebolinha vive aprontando das suas. Outro dia, ele foi convidado (quer dizer “obrigado”) a ir jantar com a Mônica.
            Já à mesa para ser servido, começou a rezar.
            Admirada com aquele procedimento, a Mônica comentou:
— Ué, Cebolinha! Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz.
Nisso, apareceu o Anjinho que, todo solícito, perguntou:
— Chamou, Cebolinha?
E o Anjinho, atendendo à prece do amigo, acabou ficando no lugar dele naquele jantar.
Coitado do Anjinho, pois comer a comida da Mônica não é tarefa fácil nem para um anjo.

Narrador-personagem (a Mônica):

            Eu gosto do Cebolinha, mas confesso que não consigo entender as suas atitudes. Outro dia, preparei uma deliciosa refeição e o convidei para jantar.
            Já à mesa, quando ia começar a servi-lo, observei que ele estava rezando. Então, comentei:
— Ué, Cebolinha! Não sabia que você rezava antes de comer! Espero que goste da comida que eu fiz.
Nisso, apareceu o Anjinho, que perguntou:
    Chamou, Cebolinha?
De repente, o Cebolinha se levantou e quem se sentou no lugar dele foi o Anjinho.
Na hora eu queria reagir, porém, algo me impedia.
Resumo da história: acabei jantando com o Anjinho. 

1- Descreva as principais característica dos personagens apresentados na tirinha:
-Cebolinha:
-Mônica:
-Anjinho:

2- Reescreva a história utilizando um narrador em 1ª pessoa (narrador-personagem), que deverá ser a Mônica.

_
_
_

Nenhum comentário:

Postar um comentário